O TEP é uma estrutura residente no Teatro Campo Alegre, no âmbito do programa Teatro em Campo Aberto, e apoiada pela Câmara Municipal do Porto.

Uma casa, uma casa que nem fosse um areal deserto

III - LARIE ★ Sucos Naturais, de Larie

Sala de ensaios TEP

07.08.2023 — 11.08.2023

“Uma casa, uma casa que nem fosse um areal deserto” é um projeto de residências artísticas que tem como principal objetivo apoiar o primeiro momento de pesquisa de projetos artísticos emergentes da cidade e responde à necessidade de providenciar espaços de trabalho a artistas, com ocupação prolongada onde se possa trabalhar de forma regular.

LARIE

Um “afago pop”, como definiu a Rolling Stone. Larie flui entre a organicidade da MPB, o eletrônico pop e seus experimentalismos, escrevendo em português, espanhol ou inglês, move-se com delicadeza e força no mergulho profundo de sua entrega à música.
Já tendo pisado em palcos como Ronnie Scotts’s em Londres, SummerStage em Nova Iorque ou Teatro Solís de Montevideo, e compositore, cantore, multi-instrumentista e produtore musical é um dos expoentes da nova música contemporânea brasileira.
Nasceu em Franca, no interior de São Paulo/Brasil e desde cedo estudou variados instrumentos de forma autodidata, o que permitiu a versatilidade para ser side musician em projetos de diversos universos por alguns anos – do samba, funk e ritmos tradicionais brasileiros ao flamenco ou à música eletrônica experimental.
Ao dar o passo em direção à carreira solo, lançou “Voa” (2016 – VOA Music) – que soma mais de 3 milhões de plays no Spotify hoje e foi sua porta de abertura para a carreira internacional. A seguir lança Lux (2019 – Omnichord Records / Raso Estúdio / VOA Music), com comparações à Bon Iver ou Camille e a tentativa da crítica espanhola de definir em “algum lugar entre Björk e Caetano”.
Atuou em 19 países, contabilizando centenas de shows entre as Américas e Europa nos últimos 10 anos, performando em festivais como Fusion Festival (Alemanha), Sound Isidro (Espanha) e SXSW (EUA), tem a performance que vai da intimidade e delicadeza à fúria, antagonismos e dinâmicas os quais deixam difícil de categorizar sua música em uma só caixa.
Radicade em Portugal desde 2020, estudou Produção Musical na Arda Academy entre 2020-21. Assina a direção e produção musical e artística de seus projetos, dando vazão à pulsante alma criadora, cozinha colaborações com artistas de diversas nacionalidades, entre elus: Francisco, El Hombre (Brasil), Fado Bicha (Portugal), Banda Mais Bonita da Cidade (Brasil), Meta (Portugal) e Fármacos (Chile). Em 2022 integra o trio Fado Bicha, como side musician e colaboradore, mesmo ano em que desenvolve a direção musical do espetáculo “BAqUE”, de Gaya de Medeiros. Também faz parte da equipe que compõe o Conselho Consultivo do MIL Lisboa – 2023.

  • Um projeto de: Larie

Duração: NA min.

Classificação etária: M/NA

Preço: € NA


Mais informações ao longo do período de residência